Arquivo mensal: maio 2010

Ônibus ENEBD Paraíba

XXXIII ENEBD – Encontro Nacional de Estudantes de Biblioteconomia, Documentação, Ciência e Gestão da Informação.

Universidade Federal da Paraíba – UFPB

18 à 24 de julho de 2010

 

Saída: 15 de julho (quinta-feira) às 22hs (ECI).

Retorno: 24 de julho (sábado) às 12hs (alojamento).

OBS: no dia 17 de julho (sábado) passaremos o dia inteiro no município de Piaçabuçu, situado ao sul do estado de Alagoas, entre o Oceano Atlântico e o Rio São Francisco, e que faz divisa com o estado de Sergipe.

Valor: R$350,00 (as parcelas podem ser negociadas)

R$150 até o dia 31/05 (1ª parcela)

R$100 até o dia 30/06 (2ª parcela)

R$100 até o dia 12/07 (3ª parcela)

OBS: se houver desistência por parte do estudante, devolveremos apenas 50% do valor pago pelo mesmo.

Empresa de transporte totalmente licenciada e respeitada no segmento de turismo (ônibus com TV, DVD, Frigobar e Banheiro).

Maiores informações:

Flávio (manhã) 9265-2597 / Hugo (noite) 8857-6869

Realização: DA ECI – 51 anos Apoio:

Anúncios

Resultado das avaliações dos resumos enviados para o XXXIII ENEBD Paraíba e programação completa do evento

Caros alunos, professores, funcionários e demais interessados, no dia 6 de maio saiu o resultado da avaliação dos resumos dos trabalhos que serão apresentados no XXXIII ENEBD – Paraíba, abaixo estão os resumos aprovados dos alunos da ECI.

Trabalho: LINGUAGEM WIKI: tecnologia da comunicação e informação

Autores: Katty Anne de Souza Nunes – UFAM

Emmanuel Silveira Mendes

Trabalho: FOTOGRAFIA E HISTÓRIA: as imagens como transmissoras e construtoras da memória

Autores: Hugo Avelar

Anita helena vieira

Fernanda Samla

Carminda de Aguiar Pereira

Trabalho: PRESERVAÇÃO PATRIMONIAL FRENTE AOS NOVOS MODELOS DE COMUNICAÇÃO

Autores: Taciane Gomes

Gesner Francisco

Trabalho: O CRAV COMO LUGAR DE MEMÓRIA E PRESERVAÇÃO DO AUDIO VISUAL MINEIRO E SUA RELAÇÃO COM A POPULAÇÃO DA CIDADE DE BELO HORIZONTE

Autores: Junio Martin Lorenço

Marcos Vinícius Rodrigues

Trabalho: ACERVO DOS ESCRITORES MINEIROS: lugar privilegiado de memória

Autor: Gustavo Lopes de Oliveira

Trabalho: A IMPORTÂNCIA DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO NA PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA: a contribuição do profissional da informação

Autores: Anderson Batista dos Santos

Joana A. Bonfim Cardoso

Marcelo Abreu de Oliveira

Trabalho: Presente, passado e futuro: um olhar sobre o patrimônio histórico cultural

Autores: Fábio Jaderson Miguel Reis

Fabiane Cristina da Silva

Trabalho: UMA REFLEXÃO ACERCA DO ENSINO DE BIBLIOTECONOMIA NO BRASIL A PARTIR DOS CONTEÚDOS CURRICULARES E DA VISÃO DOS ALUNOS PRESENTES NO X EREBD SE/CO 2009 e XIII EREBD N/NE 2010

Autores: Gabrielle Francinne Carvalho

Trabalho: A ATUAÇÃO DO PROFISSIONAL DA INFORMAÇÃO: Contexto geral e o estudo da sua ocupação no Projeto Manuelzão

Autores: Natália Vieira de Oliveira

Núbia Cristina Barbosa

Trabalho: PRÁTICAS TRADICIONAIS E INOVADORAS DO PROFISSIONAL DA INFORMAÇÃO NO CENTRO DE INFORMAÇÕES DA FUNDAÇÃO DOM CABRAL

Autores: Cláudia Lúcia Muniz de Souza

Lívia Emanuela Andrade Paulino

Priscila Gomes Martins

Link para o arquivo de resumos aprovados: http://www.enebd2010.com.br/images/conteudo/files/Resultado_05.pdf

Link para a programação completa do evento: http://enebd2010.com.br/programacaogeral.html

UFMG lidera produção científica em Minas Gerais

segunda-feira, 24 de maio de 2010,

Nada menos que 20% de todas as universidades públicas federais do país estão em Minas Gerais. Pesquisa que será apresentada no Seminário de Diamantina nesta quarta-feira, 26, traçou retrato desse grupo de 11 instituições sediadas no estado, com o intuito de conhecer a distribuição de recursos governamentais e a produção de conhecimento daí decorrente.

O trabalho, que se vale de dados consolidados de 2008, destaca o papel-chave que a UFMG desempenha na produção de conhecimento no contexto do sistema mineiro de inovação, classificando-a como a “principal receptora de recursos e líder na produção científica e na oferta de ensino superior”, embora as outras universidades também apresentem desempenho relevante. “Essas instituições não formam um grupo homogêneo”, comenta Túlio Chiarini, professor da Universidade Federal de Itajubá (Unifei) e um dos autores do artigo.

Com 40% dos grupos de pesquisa do estado, a UFMG realizou, em 2008, 46% dos projetos de pesquisa do conjunto de instituições mineiras, seguida pela Universidade Federal de Viçosa, com 19% do total. A UFMG concentra mais docentes – 31% do total, enquanto a Universidade Federal de Uberlândia(UFU) tem 17%; e doutores – 38%, novamente seguida pela UFU, com 13%. Também na UFMG está alocada quase metade dos investimentos realizados pelas universidades federais mineiras.

Como afirmam os autores, “não deve ser surpresa a maior concentração de recursos destinados à pós-graduação na UFMG, que recebeu 48% dos investimentos no ano em estudo, à frente da UFV, com 27%, e da Universidade Federal de Lavras (Ufla), com 12%. “Tal aspecto deve se explicar pelo tamanho da universidade, por sua tradição no meio acadêmico, sua pluralidade quanto aos segmentos de ensino e pesquisa abrangidos, sua infraestrutura de pesquisa, bem como pela qualidade e produtividade
científica dos seus pesquisadores”, justifica o autor, em artigo.

Continue lendo: http://www.ufmg.br/online/arquivos/015550.shtml